skip to Main Content

8 curiosidades sobre os Pirenéus

Curiosidades
1. 10 Curiosidades Incríveis para quem vai viajar para o Marrocos
2. 8 curiosidades sobre os Pirenéus
3. 5 Curiosidades sobre o Algarve
4. 6 curiosidades sobre as Astúrias que provavelmente não conhece
5. 6 curiosidades do Rochedo de Ifach, ícone da Calpe
6. Conhecendo o Algarve: a Costa Vicentina

1 – Os três mil dos Pirenéus

Em 1990, o belga Juan Buyse publicou o livro Los tresmiles del Pirineo. O seu trabalho recebeu em breve um amplo reconhecimento. De acordo com o trabalho de Buyse, existem 212 três mil cimeiras nos Pirenéus, das quais 129 são cimeiras principais e 83 cimeiras secundárias.

2 – As chaminés das casas

Os Pirenéus são uma terra de lendas e riqueza cultural infinita. Os ritos e costumes ancestrais ganharam a batalha contra o passar do tempo e sobreviveram até aos dias de hoje. Um dos mais visíveis são os espantalhos. Colocadas nas chaminés das casas, são uma herança palpável de uma cosmovisão milenar.

3 – Anos dos Pirenéus

A Orogenia Alpina teve lugar há 65 milhões de anos. Durante o Cenozóico, uma série de processos geológicos levou à criação das principais cadeias montanhosas do planeta. Os míticos Himalaias, Karakorum, Elburz, Alpes e Montanhas Atlas são uma consequência desta era. E, claro, o mesmo é válido para os Pirenéus.

4 – Os 3 picos mais altos dos Pirenéus

Os três picos mais altos dos Pirenéus são Aneto (3,404m), Posets (3,375m) e Monte Perdido (3,355m).

5 – A ponte de Maomé do Aneto

Existem 40 metros de blocos de granito partidos. De ambos os lados, há uma queda vertical íngreme, chamada ponte de Aneto.  Albert de Franqueville, um botânico que participou na primeira subida do Aneto em 1842, baptizou esta secção com o nome de Mohammed Pass ou ponte. Desta forma, aludiu a uma lenda e crença muçulmana que retrata a entrada para o paraíso.

6 – Quantas línguas nativas são faladas nos Pirenéus?

Até quatro línguas originais são faladas nos Pirenéus: basco, aragonês, occitano e catalão. Cada uma destas línguas tem as suas próprias variantes e dialectos.

7 – A deusa Pirene

Conta a lenda que Pirene era a filha mais bela do deus Tubal, então proprietário destas terras. Tinha sido nomeada guardiã das águas e vivia na vastidão das florestas, onde passeava e desfrutava da natureza.

Quando Hércules estava a caminho para realizar um dos seus doze trabalhos, passou por uma das florestas. No encontro, os dois apaixonaram-se e amaram-se durante a noite quente. No entanto, Hércules logo esqueceu as suas promessas de amor e decidiu continuar o seu caminho, abandonando o Pirene.

Rumores sobre a beleza da filha de Tubal tinham também chegado a Gerion, um monstro de três cabeças que vivia na Eriteia. Gerion foi encontrar-se com Pirene e tentou levá-la, mas quando ela recusou, ele decidiu queimar a floresta, que se incendiou.

A notícia chegou a Hércules, que remontou os seus passos para ajudar Pirene. Mas quando chegou, já era tarde demais. Encontrou apenas um corpo sem vida. Pirene tinha morrido no incêndio.

Desfeito e arrependido pela sua perda, Hércules decidiu enterrá-la entre algumas pedras enormes e belas, dando à luz a cordilheira que levaria o seu nome, os Pirenéus.

8 – Qual é a largura e comprimento dos Pirenéus?

Os Pirenéus têm 430 km de comprimento (este-oeste) de cordilheira que liga o Mar Mediterrâneo ao Mar Cantábrico; a sua largura máxima (norte-sul) é de 150 km.

Back To Top
Language